Cobras e alguns significados!

 As cobras são símbolos da força vital, da cura e da renovação, do renascimento, da criação da vida, da fertilidade e até mesmo da sensualidade. A sua representação depende muito da cultura ou religião na qual está inserida.

 

Significado da cobra no Budismo

No Budismo, por exemplo, a cobra está associada à própria história de Buda. A Serpente Rei, Mucalinda, foi a responsável por proteger Buda logo após o mesmo atingir a sua iluminação. Neste caso, temos um significado espiritual mais forte para o lado da proteção, sobretudo contra as energias negativas.

 

Significado da cobra no Hinduísmo

Já no Hinduísmo, a cobra ou serpente simboliza algumas divindades e, ao mesmo tempo, a energia Kundalini. Essa energia também é conhecida como Serpente Ígnea ou Serpente de Fogo, sendo uma representação da força vital escondida dentro de todos nós.

Trata-se de uma enorme fonte de energia física e espiritual concentrada na base da coluna. Além disso, segundo a mitologia Hindu as serpentes e a própria Kundalini também são associadas à fertilidade e à energia sexual.

 

A cobra e o símbolo da Medicina

Você pode ver a cobra representada até mesmo na Medicina com o bastão de Esculápio com uma serpente enrolada. A sua origem vem da mitologia grega e o deus Asclépio, o deus da cicatrização. Logo, a cobra da Medicina simboliza a cura e a capacidade de regeneração.

 

Significado da cobra no Xamanismo

Quando o assunto é Xamanismo, também temos a cobra como um dos animais de poder. O significado espiritual da cobra no Xamanismo está ligado ao poder da cura, da regeneração, da vitalidade e da transformação.

 

A cobra consegue trocar de pele com frequência e se adaptar às mudanças com facilidade. Portanto, se a cobra for seu animal totem, significa que você tem uma grande capacidade e sabedoria para se adequar a mudanças, mesmo se forem drásticas.