11 Dicas para iniciantes da Bruxaria!

 1 - Você não precisa ter um altar estilo Pinterest

 
É claro que todo mundo quer um altar completo, cheio de coisas bonitinhas e de preferência que dê pra mudar a cara do altar a cada ocasião. Mas você não precisa disso no começo. Você vai ler por aí que precisa ter um caldeirão, um athame, um boline, um pentáculo, etc. Você não se torna bruxo pela quantidade de produtos mágicos que você tem, e sim pelo seu estudo, experiência e conexão com a Arte. "Ah, mas pra abrir o círculo eu preciso de um athame". O athame é um ótimo direcionador de energia, mas a energia vem de você, então você pode abrir o círculo com o seu dedo, se quiser. Vá com calma, se tiver que escolher entre comprar livros de bruxaria ou comprar algo pro altar, compre um livro de bruxaria e estude!
 
2 - Visualização é importante
 
Eu falei que não precisa ter todos os itens do altar pra fazer um ritual, e grande parte disso é o fato de que a visualização é algo que pode ajudar muito a "montar" seu altar. Se você não tem um athame, imagine-se tendo. Fazendo o ritual com ele. Visualização é muito importante. Além disso, a visualização é algo que vai te ajudar em todo o seu caminho na Arte. Uma boa dica de treinar a visualização é começar a visualizar um círculo/bolha/célula te protegendo de todos os males. Depois você pode ir aumentando ou diminuindo o tamanho da proteção que está visualizando, é um excelente exercício.
 
3 - Você não precisa ter uma biblioteca bruxa
 
A primeira dica é: se puder comprar livros de bruxaria, compre. Tanto na esfera nacional quanto internacional temos autores maravilhosos e experientes na Arte e comprar o livro ajuda muito o trabalho deles. Mas você não precisa se sentir culpado se por um motivo ou outro não conseguir comprar livros. Às vezes são os pais que encanam, às vezes o problema é a falta de grana. Mas você realmente não precisa se matar pra ter livros. Você pode baixar livros em pdf, ler blogs, sites, achar canais do YouTube. O importante é: não pare de estudar. E quando tiver condições, compre os livros pra prestigiar esses autores. Sem pressão, o importante é você estar sempre buscando conhecimento.
 
4 - Não pratique sem vontade ( MELHOR DICA DE TODAS ! )
 
Tem dias que a gente não tá com energia boa e não dá vontade de estudar, praticar ou celebrar nada, e a dica é: não estude, pratique ou celebre nada. A magia se manifesta na gente quando é hora de agir, e se não deu vontade, talvez é porque não é pra você fazer aquele ritual mesmo. Volte a estudar, praticar ou celebrar quando tem vontade. Nossa intenção/vontade é uma das coisas mais fortes para a prática da bruxaria, se sua energia está bagunçada, o resultado do ritual/feitiço ou o que fizer vai ficar tão bagunçado quanto.
 
5 - Seu pensamento tem poder
 
Esse é o principal motivo pelo qual você não deve praticar sem vontade: nossa intenção é poderosa. Você já deve ter escutado que a palavra tem poder. É verdade! Eu sei que é difícil condicionar o pensamento para não sermos negativos, mas visualizar coisas boas traz bons resultados. A sua intenção na hora de fazer magia é muito importante. Exemplo, você quer banir a depressão, para isso não precisa estar feliz para
 
fazer um ritual para banir, mas você precisa querer ficar feliz. Imagina a felicidade vindo. Não adianta fazer o feitiço todo certinho se o principal, que é a sua intenção, está errado.
 
6 - Tudo aquilo que você fizer, voltará para você multiplicado por três
 
Talvez essa seja uma das dicas mais importantes. A magia não é boa ou ruim, ela está no coração da bruxa ou bruxo que a pratica. Então tenha em mente que você pode até prejudicar alguém usando magia, mas saiba que isso voltará pra você. Essa é a Lei Tríplice e é usada na Wicca, mas é recomendado a todo mundo que faça bruxaria, sendo wiccano ou não.
 
7 - Não interfira no livre arbítrio alheio
 
Ou seja: não faça magias de amarração, nem pra mudar a cabeça de tal pessoa. O seu limite na magia deve ser o livre-arbítrio do outro. Um exemplo: quero ficar com uma pessoa, mas ela não me quer. Ao invés de fazer uma magia de amarração, que OBRIGUE essa pessoa a ficar comigo, FORÇANDO-A energicamente para fazer isso, eu posso fazer um feitiço para atrair amor verdadeiro. Se a pessoa não surgir na minha vida é porque ela não deveria estar. Já se viu preso a uma situação que não te deixava bem, mas você não tinha forças pra sair dela? Uma amarração é assim. Ou seja: não faça isso a não ser que esteja muito ciente dos resultados e queira encarar essa responsabilidade.
 
8 - A Magia não é uma verdade absoluta
 
A medida que você for lendo e estudando, vai ver que muitas vezes você encontra informações diferentes. Principalmente na internet, é complicado confiar de primeira no que você está lendo. Algo que funciona muito, quando vocês não sabe em que fonte acreditar, se olhe pra si mesmo. "O que eu acreditava? Qual versão eu sentia que era mais certa?" A magia somos nós que fazemos, porque vamos juntando informações aqui e ali e escolhendo no que acreditar. Você tem que criar a sua versão de magia que vai ser diferente da minha, que é diferente da sua amiga, etc. Acredite, quando se deparar com duas versões de um mesmo ensinamento, olhe pra dentro de si e você vai saber no que acreditar.
 
9 - Preste atenção no universo ao seu redor
 
Isso mesmo que você entendeu. Muitas vezes uma pequena coisa é a resposta que tanto queria e que pediu. E nem sempre prestamos atenção, a gente acaba pensando que a resposta vai vir clara e objetiva, mas uma coisa simples poderá ser o que tanto procura. Então se pediu um sinal de algo, fique atento. Ele virá, só basta prestar atenção!
 
10 - Seja um com a Natureza
 
Apesar de dar vontade, essa parte não significa que você tem que abandonar sua vida urbana e ir viver no mato. Mas quando puder, sinta o vento no seu rosto. Toque nas plantas, sinta sua textura. Deixe-se absorver pela energia da Natureza. Quando puder, vá para uma cachoeira e veja a água correr. Olhe o céu, observe o desenho das estrelas. Fique observando uma borboleta voar. Depois que você estabelece uma conexão com a Natureza, é como se ela te acalmasse. Você vê magia em todos os processos naturais. Tudo começa com você parando um minutinho do seu dia para apreciar a Natureza.
 
11 - Estude as diferentes formas de magia e a base de tudo isso
 
Magia não é só celebração e feitiço. Você pode estudar ervas, velas, os diferentes tipos de oráculos, deuses de cada uma das mitologias, incensos, sigilos... Quando eu digo que ainda sou iniciante em parte é porque me perco na infinidade de coisas pra estudar. Eu e a maioria dos bruxos muito mais experientes que eu vão te falar que não sabem de tudo, porque cara, a gente não sabe mesmo. Não tem como. A bruxaria é muito ampla e tem muitos anos de história para serem aprendidos. Além de decidir o que você prefere estudar e qual caminho na Arte seguir, é importante também saber como surgiu a bruxaria, como ela se manifestava há séculos atrás. Antes de olharmos pro futuro é importante também olharmos pra nossa base e ver de onde veio o conhecimento que estamos estudando.